Diretrizes para projetar e avaliar portfolios - Universidad de los Andes

introduzca AND, OR, NOT para restringir los resultados de la búsqueda
 
A
(Por ejemplo, 330.12 a 500.45)
 
 
 
0
 

Diretrizes para projetar e avaliar portfolios

guia prático para avaliar o trabalho acadêmico em contextos universitários
0 estrellas de 5(0 Calificacion(es))
Número de páginas : 148
Edición :Primera edición
Fecha de Publicación :2022-02-01
Disponible para :
  

 

Descripción del libro

O objetivo deste livro é mostrar o esforço, o mérito e a diversidade do trabalho realizado por um professor universitário para avaliá-lo integralmente. Está projetado como uma caixa de ferramentas tanto para o docente que pretende desenhar um portfólio como para o diretor ou a delegação que o receberá para avaliá-lo. Proporciona estratégias aos professores, para que reflitam sobre suas práticas docentes e de pesquisa, como também sobre aquelas que se referem à liderança e à gestão interna e externa ao ambiente universitário. Proporciona àqueles que recebem um portfólio para avaliá-lo, os critérios e mecanismos para avaliar o trabalho acadêmico em sua complexidade. O portfólio se transforma, assim, em um meio para deliberar sobre o trabalho de um acadêmico, de modo que a sua avaliação esteja orientada para uma tomada de decisões informada e que aponte para o melhoramento do professorado. Diretrizes para projetar e avaliar portfólios critica as abordagens reducionistas que limitam a avaliação do professorado universitá - rio a “listas de verificação”, ou que torna invisíveis as práticas e os produtos que não são mensuráveis nem quantificáveis. Este livro retoma a noção ampliada de scholarship de Ernest Boyer e concebe o trabalho acadêmico como uma montagem de elementos heterogêneos que compõem práticas de docência, produção de conheci - mento especializado e atividades de liderança e de gestão para o desenvolvimento institucional e comunitário. Seguindo o legado de Boyer, propõe reconhecer o talento e a singularidade do professorado como uma forma real para que as universidades mantenham a sua pertinência e atendam as demandas da sua época.

O objetivo deste livro é mostrar o esforço, o mérito e a diversidade do trabalho realizado por um professor universitário para avaliá-lo integralmente. Está projetado como uma caixa de ferramentas tanto para o docente que pretende desenhar um portfólio como para o diretor ou a delegação que o receberá para avaliá-lo. Proporciona estratégias aos professores, para que reflitam sobre suas práticas docentes e de pesquisa, como também sobre aquelas que se referem à liderança e à gestão interna e externa ao ambiente universitário. Proporciona àqueles que recebem um portfólio para avaliá-lo, os critérios e mecanismos para avaliar o trabalho acadêmico em sua complexidade. O portfólio se transforma, assim, em um meio para deliberar sobre o trabalho de um acadêmico, de modo que a sua avaliação esteja orientada para uma tomada de decisões informada e que aponte para o melhoramento do professorado. Diretrizes para projetar e avaliar portfólios critica as abordagens reducionistas que limitam a avaliação do professorado universitá - rio a “listas de verificação”, ou que torna invisíveis as práticas e os produtos que não são mensuráveis nem quantificáveis. Este livro retoma a noção ampliada de scholarship de Ernest Boyer e concebe o trabalho acadêmico como uma montagem de elementos heterogêneos que compõem práticas de docência, produção de conheci - mento especializado e atividades de liderança e de gestão para o desenvolvimento institucional e comunitário. Seguindo o legado de Boyer, propõe reconhecer o talento e a singularidade do professorado como uma forma real para que as universidades mantenham a sua pertinência e atendam as demandas da sua época.